Confiança dos empresários de serviços cresce em junho,diz FGV

64

O Índice de Confiança de Serviços, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 2,2 pontos de maio para junho e chegou a 91,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Com isso, o indicador recupera parte das perdas sofridas nos últimos quatro meses.

Em junho, a alta da confiança atingiu empresários de nove das 13 atividades de serviços pesquisadas pela FGV.

A principal alta foi observada no Índice de Expectativas, que mede a confiança dos empresários no futuro e que cresceu 3 pontos, para 95 pontos. O Índice da Situação Atual, que mede a confiança no presente, cresceu 1,2 ponto, para 87,5 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor cresceu de 82% em maio para 82,6% em junho.

Segundo o economista da FGV Rodolpho Tobler, os empresários estão calibrando suas expectativas e ainda não conseguem perceber uma recuperação significativa do momento atual. Ele acredita que não é possível vislumbrar uma retomada mais forte do setor de serviços nos próximos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.