Nesta terça-feira, 19 por volta das 18:00, na BR 050, no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal em Catalão, durante abordagem de rotina, os policiais abordaram uma MMC/L200 placas de Minas Gerais.

Ao verificar alguns sinais identificadores do veículo, os PRFs constataram que alguns desses sinais estavam suprimidos ou adulterados, apesar da placa e chassis serem condizentes com o documento apresentado.

Foi feito contato com a proprietária do veículo que informou ter sido furtada na cidade de Niterói no Rio de Janeiro em 2018 e que já havia recebido o valor pelo seguro.

O condutor do veículo, um engenheiro eletricista de 39 anos, foi conduzido para a Polícia Civil e responderá pelo crime do art 311 do Código penal, adulteração de sinal identificador de veículo automotor.