Edital iminente! Nesta sexta-feira, 18 de janeiro, foi divulgado no Diário Oficial do Estado de Goiás (DOEGO), o extrato de contrato com o Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) organizador do concurso público para 500 (quinhentos) servidores para o provimento de vagas para o cargo de Segurança Prisional para a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (Concurso Agente Penitenciário GO 2019).

Veja abaixo a publicação:

EXTRATO DO CONTRATO Nº 001/2019
Processo: 201800005012924
Contratante: Estado de Goiás, com a interveniência da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás – SEGPLAN/ Fundo de Capacitação do Servidor e de Modernização do Estado de Goiás – FUNCAM
Contratado: Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES
Objeto: Contratação de instituição especializada para realização de atividades pertinentes à execução do concurso público para a contratação de 500 (quinhentos) servidores para o provimento de vagas para o cargo de Segurança Prisional para a Diretoria Geral de Administração Penitenciária.
Valor Total: R$ 1.360.000,00 (um milhão e trezentos e sessenta mil reais).
Vigência: O período de vigência do Contrato será contado a partir de sua assinatura (data da outorga), ou seja, 03/01/2019, até a publicação da Homologação do Resultado Final do Concurso e enquanto houver pendências administrativas e judiciárias envolvendo candidatos do certame, e eficácia após a publicação no Diário Oficial do Estado de Goiás.
Data da assinatura e outorga: 03/01/2019
Assina pela PGE: Dra. Juliana Pereira Diniz Prudente, neste ato representada pelo Dr. Carlos Augusto Sardinha Tavares Júnior.
Assina pela SEGPLAN: Pedro Henrique Ramos Sales.
Assina pela CONTRATADA: Paulo da Silva Maia Filho e Roger Marconni Rodrigues de Souza

 

COMISSÃO DO CONCURSO AGEPEN GO

Foi divulgada no Diário Oficial do Estado (DOEGO) no dia 3 de maio de 2018, a portaria que instituiu a comissão especial que trabalhará na organização do certame. O grupo de trabalho é composto por nove membros, veja abaixo:

A comissão será composta por Liliane Morais Batista de Sá – Presidente (Superintendente da Escola de Governo), Joseleno Borges Sales – Vice-Presidente (Agente de Segurança Prisional), João Francisco Alves – Coordenador Técnico (Gerente de Recrutamento, Seleção e Relações Externas da Escola de Governo), Ronnie Peterson Alves – Membro Representante da Polícia Militar (Agente de Segurança Prisional), Lorena Franco Pratti – Membro Representante da Polícia Militar (Agente de Segurança Prisional), Weruska de Godoy Costa Silva – Membro Representante da Segplan (Servidora da Gerência de Recrutamento, Seleção e Relações Externas da Escola de Governo), Degmar Mendes Rocha de Souza – Membro Representante da Segplan (Servidora da Gerência de Recrutamento, Seleção e Relações Externas da Escola de Governo), Daniel Soares Porto – Membro Representante da Segplan (Servidor da Gerência de Recrutamento, Seleção e Relações Externas da Escola de Governo) e Cezar Tadeu Sousa Veiga – Membro Representante da Segplan (Servidor da Gerência de Recrutamento, Seleção e Relações Externas da Escola de Governo).

CARGO DE AGENTE PENITENCIÁRIO GO

Para concorrer ao cargo de Agente Penitenciário o candidato deverá ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

O Agente deverá receber e orientar presos quanto às normas disciplinares, divulgando os direitos, deveres e obrigações conforme normativas legais; revistar presos e instalações; prestar assistência aos presos e internados, encaminhando-os para atendimento nos diversos setores sempre que se fizer necessário; verificar as condições de segurança comportamental e estrutural, comunicando as alterações à chefia imediata; acompanhar e fiscalizar a movimentação de presos ou internos no interior da unidade e adjacências; realizar escolta de presos em deslocamentos locais e interestaduais, bem como custodiá-los em unidades de saúde, órgãos judiciais, órgãos públicos e privados, sejam municipais, estaduais ou federais; observar o comportamento dos presos ou internos em suas atividades individuais e coletivas; entre outras tarefas.

A remuneração paga ao Agente no último concurso foi de R$ 2.847,23, mas logo depois o valor foi reajustado para R$1.500, por determinação da Assembleia Legislativa.

ETAPAS PREVISTA PARA AGENTE PENITENCIÁRIO GO

A expectativa é que o certame conte com duas etapas, conforme disposto a seguir.

Primeira Etapa:

  • a) 1ª (primeira fase) – prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • b) 2ª (segunda fase) – prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • c) 3ª (terceira fase) – avaliação médica (para todos os candidatos); avaliação da equipe multiprofissional (exclusivo aos candidatos com deficiência) de caráter eliminatório, e avaliação de títulos, de caráter unicamente classificatório;
  • d) 4ª (quarta fase) – prova de aptidão física, de caráter eliminatório;
  • e) 5ª (quinta fase) – avaliação psicológica, de caráter eliminatório e avaliação de vida pregressa, de caráter eliminatório, a ser realizada pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça (SAPeJUS).

Segunda Etapa:

  • a) curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório, a ser realizado pela organizadora e supervisionado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça (SAPeJUS).

O concurso deverá ter provas sendo aplicadas nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Itaberaí, Luziânia, Palmeiras, Rio Verde e Uruaçu. As demais fases serão realizadas na cidade de Goiânia/GO.

ÚLTIMO CONCURSO AGENTE PENITENCIÁRIO GO

O último concurso de Agente Penitenciário GO aconteceu em 2015, quando contou com 425 vagas (305 efetivas + 120 CR) e salários de R$2,8 mil.

No entanto, após a primeira nomeação, publicada no Diário Oficial, os convocados descobriram que uma lei, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) em 2016, alterou a remuneração para R$1,5mil.

O certame contou com aproximadamente 600 convocados.

As vagas foram distribuídas entre as regiões de Metropolitana – Aparecida de Goiânia (104 vagas), Norte – Uruaçu (22 vagas), Sudeste – Caldas Novas (31 vagas), Sudoeste – Rio Verde (34 vagas), Noroeste – Itaberaí (20 vagas),  Nordeste – Formosa (28 vagas), Centro-Oeste – Palmeiras (20 vagas) e Entorno de Brasília – Luziânia (46 vagas).

A prova objetiva foi de caráter eliminatório e classificatório, composta de 60 (sessenta) questões, sendo avaliados as habilidades e os conhecimentos do candidato, conforme o edital.

A prova objetiva foi composta por questões de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas em cada questão, para escolha de 1 (uma) única resposta correta, e pontuação total variando entre o mínimo de 0,00 (zero) ponto e o máximo de 100,00 (cem) pontos.

A prova contou com questões de Língua Portuguesa, Realidade Étnica, Social, História, Geográfica, Cultural, Política e Econômica do Estado de Goiás e do Brasil, Constituição do Estado de Goiás, Raciocínio Lógico, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal e Noções de Direitos Humanos.

DETALHES DO CONCURSO AGENTE PENITENCIÁRIO GO

  • Concurso: Agente Penitenciário de Goiás (AGEPEN GO)
  • Banca organizadora: IADES (ainda falta assinar o contrato)
  • Escolaridade: Superior
  • Número de vagas: 500
  • Remuneração: até R$ 1.500,00
  • Inscrições: –
  • Taxa de Inscrição: 
  • Provas: –
  • Situação: Banca Definida
  • Link do último edital