A Delegacia de Polícia (DP) de Goiatuba cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Rosimar Alves Correa de Matos, 51 anos, na quinta-feira (06). Ela é suspeita de ter assassinado Marco Antônio Rossi de Oliveira, pessoa com quem mantinha relacionamento amoroso.

Segundo testemunhas, ambos faziam uso de drogas e bebidas alcoólicas diuturnamente. Era constante o fluxo de usuários no local. Ainda segundo as investigações, a suposta autora e a vítima brigavam constantemente. Em um desses desentendimentos, Rosimar desferiu um golpe de faca contra Marco, que não ficou gravemente ferido porque a faca entortou.

Três dias após o ocorrido, após mais uma discussão, Marco expulsou Rosimar de casa totalmente nua. A suposta autora teria jurado se vingar. Marco foi encontrado morto no dia seguinte com ferimentos na cabeça, causados por uma pedra que foi deixada ao lado de seu corpo.

Após a oitiva das testemunhas e colhido o depoimento da suposta autora, convencida da materialidade e autoria delitiva, a autoridade policial representou pela prisão preventiva de Rosimar, no que foi atendida pelo juízo da comarca local. Se condenada, Rosimar estará sujeita a uma pena que varia entre 12 e 30 anos