Instituições embarcaram na Black Friday e ampliaram ofertas de modalidades de crédito e de investimentos

Pensada para o varejo, a Black Friday vem se expandindo para outros segmentos, inclusive para instituições financeiras, que aproveitam o evento para atrair novos investidores e fidelizar clientes com produtos e serviços promocionais. Para conseguir alcançar ainda mais consumidores, bancos e corretoras aumentaram a duração do evento, que está cada vez mais para “Black November”Banco do BrasilBradescoCaixa Econômica Federal e Banco Inter, além de corretoras de investimento, prorrogaram suas ofertas até o fim do mês de novembro.

De condições especiais para diversos tipos de investimento a ofertas de diferentes modalidades de crédito, é possível garimpar boas oportunidades. Mas é preciso ficar atento a possíveis pegadinhas.

A principal delas é se deixar seduzir pelas ofertas de crédito. Diante dos descontos oferecidos para financiamentos de automóveis, bem como crédito consignado e imobiliário, vale lembrar uma das regras de ouro das finanças pessoais: evite pagar juros sem necessidade. Nesses casos, o importante é avaliar se há realmente necessidade de fazer o empréstimo.

Outro ponto de atenção é para os produtos financeiros oferecidos. Na pressa para tentar aproveitar alguma promoção, há quem deixe de observar, por exemplo, se a liquidez ou risco do ativo está de acordo com suas necessidades financeiras.

Entre as principais ofertas das instituições está a redução do limite mínimo para aplicações em fundos de investimento e produtos financeiros. O buscador de investimentos Yubb elaborou um levantamento sobre as promoções lançadas para a Black Friday por bancos, corretoras e fintechs. As opções de renda fixa se destacavam, com um dos produtos de maior rentabilidade da lista diminuindo o aporte inicial de R$ 5 mil para R$ 1 mil, por exemplo.

“Mas é importante analisar as características dos investimentos, evitando fazer aplicações motivadas por recomendações de amigos ou ofertas,”, dizo fundador do Yubb, Bernardo Pascowitch. Ele ressalva, porém, que garimpando é possível encontrar boas oportunidades. “É um momento interessante para as pessoas que querem começar a investir ou aplicar melhor seu dinheiro, mas sentiam falta de um empurrãozinho.”

Captação de clientes

Daniel Sandoval, gerente de fundos de investimento da Caixa, que começou as ofertas no dia 7, diz que a ideia é usar a data principalmente para chamar a atenção para novos produtos, “mostrando que há outras opções no mercado além da tradicional poupança”. O banco diminuiu o aporte inicial para alguns de seus fundos de investimento, o que, segundo Sandoval, tem servido para aumentar a base de clientes com investimentos no banco público.

No Banco Inter, as facilidades do mês, batizadas de Black November, trouxeram mais de 6 mil investidores, entre clientes que passaram a investir e quem abriu conta na instituição desde então, diz o vice-presidente do banco, Marco Tulio.

Desde o último ano, quando o Banco Inter estendeu as ofertas de Black Friday até a chamada Cyber Monday, segunda-feira que sucede a sexta-feira de compras, a instituição registrou bons resultados com as promoções. “Com o evento, tivemos um crescimento de 50% nas aplicações em novembro de 2017”, conta Tulio. Para a instituição, a vantagem de fazer as promoções é aumentar a carteira de clientes, principalmente nas aplicações. “A surpresa neste ano é com o crédito imobiliário, cuja demanda aumentou 500%”, diz o executivo.

O Santander também vai estender as ofertas até hoje.

Diretor comercial da corretora Easynvest, Fábio Macedo afirma que os produtos lançados nesta última semana quadruplicaram o volume de aplicações na corretora.

“Neste ano, os estoques dos produtos estão se esgotando mais rápido do que imaginávamos”, diz. Ele comparou a procura das Letras de Câmbio, produto de renda fixa, com as cenas de corridas para comprar televisores em supermercados durante a Black Friday.

Cuidados a serem tomados

Aporte. Produtos e fundos de investimento exigem que um valor mínimo seja aplicado. Há promoções que diminuem esse limite, o que pode significar uma boa oportunidade, já que investimentos mais restritivos, em geral têm resultados melhores.

 

Liquidez. Verifique em quanto tempo será permitido resgatar o investimento. Não é recomendável, por exemplo, engessar sua reserva de emergência em uma aplicação com prazo mínimo de três anos.

 

Risco. Alguns investimentos oferecidos durante a Black Friday, principalmente em ações, têm históricos de rentabilidade mais alta, mas trazem maiores possibilidades de perdas.