A Fiat anunciou um recall de aproximadamente 13,3 mil carros modelo Uno, Palio e Grand Siena. A fabricante identificou uma falha que ficou conhecida como “airbags mortais”.

Em nota, a empresa comunicou que “foi detectada a possibilidade de degradação do deflagrador do airbag devido à eventual exposição do veículo a variações elevadas de temperatura e umidade absoluta durante longos períodos”. Esse problema pode provocar a dispersão de fragmentos metálicos em caso de acionamento do airbag.

No texto, a Fiat admite que a falha pode provocar danos físicos graves ou até mesmo fatais aos ocupantes do veículo. De acordo com o site Auto Esporte, quase 20 pessoas já morreram por conta do defeito no airbag da empresa japonesa Takata.

Os veículos chamados para o recall são o Uno 2010 a 2012 (11.447 unidades), Palio 2012 (1.700 unidades) e Grand Siena 2012 (237 unidades).

Confira os chassis dos carros no site da fabricante http://www.fiat.com.br/ja-tenho-um-fiat/fiat-recall/palio-uno-siena-11-01-2018.html

COMUNICADO AOS PROPRIETÁRIOS DE VEÍCULOS: UNO, NOVO PALIO e GRAND SIENA

VEÍCULO

MODELOS

CHASSIS ENVOLVIDOS NÃO SEQUENCIAIS (ÚLTIMOS 7 DÍGITOS DO CHASSI)

Uno 2010 a 2012 DE: 0000002
A: 0301030
Novo Palio 2012 DE: 2000001
A: 4000021
Grand Siena 2012 DE: 3000001
A: 3000262

FCA – FIAT CHRYSLER AUTOMÓVEIS BRASIL LTDA., convoca os proprietários dos veículos FIAT Uno, Novo Palio e Grand Siena, todas as versões, ano/modelo 2010 a 2012, para, a partir de 15 de janeiro de 2018, agendarem o seu comparecimento a uma das concessionárias FIAT para que sejam providenciadas gratuitamente a análise, a verificação e, se necessária, a substituição dos módulos dos airbags do lado do motorista e/ou do passageiro.

Foi detectada a possibilidade de degradação do deflagrador do airbag devido à eventual exposição do veículo a variações elevadas de temperatura e umidade absoluta durante longos períodos.

Em caso de colisão que resulte no acionamento do airbag, poderá ocorrer a ruptura de seu deflagrador devido a uma excessiva pressão interna, provocando a dispersão de fragmentos metálicos com potenciais danos físicos graves ou até mesmo fatais aos ocupantes do veículo.

O tempo estimado de reparo é de 2 (duas) horas.

Para consultar os números dos chassis envolvidos e/ou obter mais informações, contate a Central de Serviços ao Cliente FIAT pelo telefone 0800 707 1000.

Com esta iniciativa, a FCA visa assegurar a satisfação de seus clientes, garantindo a qualidade, a segurança e a confiabilidade dos veículos da marca FIAT.